top of page

O que é Marketing Ops? Te conto no detalhe: sobre a área, o profissional e como aplicar

Atualizado: 7 de mai.

O Marketing Ops, ou Marketing Operations, está se tornando uma área e consequentemente uma profissão. Nesse artigo, vou detalhar o que é, suas características e como ele, de fato, é utilizado dentro de qualquer empresa, ou então em um setor de marketing. Bora lá!


Sua definição mais direta é que: Marketing Ops é o responsável pela otimização contínua da operação de marketing através da tecnologia, desde ferramentas, automações e metodologias, e uma boa gestão de orçamento. Com isso, seu papel é encontrar soluções e processos baseados nesses pontos para garantir alta performance tanto do time quanto da área como um todo.


Uma boa entrega de Marketing Ops pode ser vista pelo aumento da lucratividade garantindo uso mais eficiente dos recursos, além do desenvolvimento e gerenciamento de processos e projetos, a coleta e a análise de dados.


Antes de mais nada, um detalhe importante:


Ao contrário do que pode parecer a princípio, o “Operations” não se refere somente ao operacional da área de marketing, e sim a operação em toda sua estrutura. Indo desde o nível operacional, resultado dos níveis tático e estratégico.


link para mini-book gestao de area

Por isso que, antes de qualquer coisa, para entender como implantar o Marketing Ops como estratégia, você precisa entender como funciona a gestão dos processos dessa operação. Entendendo sobre o mapeamento, otimização e padronização deles antes, ficará muito mais fácil e fluido seu aprendizado sobre essa tendência que ainda está chegando no Brasil.


Pensando nisso, preparei um mini-book bem prático sobre como fazer isso. >


Voltando: Há poucos falando sobre o assunto e pelo que pude perceber numa pesquisa rápida jogando a palavra-chave no google, as informações são sempre algo bem generalista e não muito detalhado. Principalmente porque não são pessoas, e sim empresas dando um “overview” do que se trata e vendendo algum software.


Mas aqui, vou trazer mais informações, dados, depoimentos e o “como fazer”. Vai ser um prazer ter sua atenção, vem comigo!


Como é uma área de Marketing Ops?


A adoção do Marketing Ops por uma empresa é, principalmente, pelo objetivo de adotá-lo como uma estratégia de inovação para aumentar performance, seja da equipe ou dos resultados do setor de marketing, e de quebra ainda reduzir custos evitando retrabalhos, agilizando a operação e maximizando a produtividade da equipe.

Pois é, são muitos benefícios. Mas, o que dificulta nisso tudo é a implantação. Para que ela aconteça da melhor forma, a empresa deve contratar um profissional especializado na área ou então contratar uma consultoria que te guie nesse processo ou entregue o projeto já pronto.


Segundo o relatório 2022 State of the Marketing Ops Professional realizado no mercado em geral, “apenas 7% das organizações pesquisadas têm um nível de maturidade digital totalmente desenvolvido, com sistemas e canais integrados e desenvolvimento completo do ciclo de vida da operação”.

Isso quer dizer que, se a sua empresa ainda não utiliza, ela não apenas não está evoluindo, como também está perdendo tempo e dinheiro. É exatamente essa a hora de agir enquanto negócio, aprendendo a utilizar melhor seus recursos, tanto financeiros quanto de capital humano. Já pensou nisso?


O que é preciso para ser um profissional de Marketing Ops?


Não são todos os profissionais de marketing que possuem habilidades nesse aspecto, pois exige um conhecimento vasto e 360 da operação inteira do setor de marketing, não apenas como cada área funciona, mas entender a fundo as necessidades e peculiaridades delas.


Um setor de marketing em uma empresa ou agência já com certa maturidade é composto por 3 até 10 áreas. Dentre elas se destacam: Conteúdo, Design, Branding, Performance, Inbound Marketing, Eventos, e por aí vai.


Nesse sentido, é um desafio grande conectar todas elas para atingir um objetivo geral ou até mesmo numa mesma campanha, onde ela perpassa por cada uma, por exemplo, na construção das peças gráficas, no copy que será usado, nos canais, análise de resultados, etc.


O profissional de marketing ops será aquele que vai desenhar, estruturar, trazer as soluções, ferramentas e metodologias para que tudo isso aconteça de forma conectada, com o mínimo de erros e gaps e da melhor e mais rápida maneira possível. Se parece difícil para você, chegou a hora de estudar e aprender mais sobre suas práticas.


Dentre os resultados do relatório 2022 State of the Marketing Ops Professional , Darrell Alfonso aponta no Ops Cast, que “Em 2022, começaremos a ver oportunidades de treinamento mais formalizadas para operações de marketing priorizando como primeiro ou segundo recurso mais contratado de marketing para configurar ferramentas corretamente desde o início."

A pesquisa ainda não leva em conta o mercado brasileiro, pois há pouquíssimos profissionais e áreas existentes aqui. AINDA. Só essa informação já indica a margem gigantesca que a área proporciona para profissionais que queiram entrar nessa área.


Como aplicar Marketing Ops no dia a dia de uma operação?


São muitas as formas de se fazer isso, então trarei as que considero mais importantes e até, de certo modo, fáceis de implementar.


  • Ferramentas


O uso de ferramentas de gestão de tarefas é bastante comum, porém ainda limitado. Em qualquer setor de marketing há uma delas para facilitar a gestão de demandas do nível operacional. Trello, Asana, Notion e Click-up são as que mais tenho visto, mas é uma lacuna na sua utilização que o marketing ops pode ajudar.


Além de fazer o que mencionei, também é possível conectar dentro delas o nível tático e operacional. Assim, você tem uma visualização macro de toda a operação.


  • Automações


Além das ferramentas mais comuns de automação como Bitrix, RD Station, SalesForce, entre outras, há uma vasta possibilidade de trazer o conceito de automação para o dia a dia e isso não se limita à área de marketing. A ideia aqui é ampliar a automação entre o setor de marketing e outros setores essenciais para a operação, como por exemplo, comercial, dados, desenvolvimento e até mesmo a alta direção.


  • Metodologias


Acredito que o Kanban e o Design Thinking sejam os mais popularizados quando se trata de adaptar uma metodologia de tecnologia ao marketing. Mas há muitas outras que podem ser incrivelmente úteis.


Utilizar o SCRUM na otimização de campanhas e Agile para determinar processos são exemplos de aplicação que podem ser implantados para melhorar a performance dos resultados e da capacidade de produção.


O que o Marketing Ops resolve, afinal?


Para finalizar, vou trazer essa informação pensando em resultados, já que é o que importa.

  • A curto prazo: Processos que darão base sólida e realista para construir planejamentos e metas.

  • A médio prazo: Comunicação e organização melhorada, engajamento dos envolvidos, alívio de sobrecarga, redução de erros e retrabalho.

  • A longo prazo: Mais previsibilidade, produtividade e redução de custos;


E consequentemente: aumento de receita, melhora no clima organizacional e retenção de talentos, ambiente mais humano e saudável.


link para mini-book de gestao de quipe

E aí, conseguiu entender um pouco mais sobre Marketing Ops? Comenta aqui o que achou e se é um tema interessante para você para que eu traga mais conteúdos desse tipo.

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Posts mais recentes
bottom of page